Seja bem vindo à nosso site

EBP em Foco – Qualificação para a Escola Bíblica

EBPA lição é de extrema importância, na página 26 lê-se o título, “ Esteja Alerta, Jesus Voltará ”. Estamos em um pequeno estúdio, no norte de Minas Gerais, na Assembleia de Deus Ministério Teófilo Otoni. O que será estudado na bíblia hoje aqui, será visto por milhares de pessoas ao redor do mundo. “O acesso a tecnologias como smartphones e a internet tem ceifado a vida cristã da igreja”. Engana-se quem pensa assim. Os smartphones, a internet, aplicativos, redes sociais e todas as mídias devem ser vistas a partir de um outro prisma. Elas podem ser ferramentas a serviço do reino de Deus.

Com a perspectiva deste novo paradigma é que a Escola Bíblica de Professores – EBP da Assembleia de Deus Ministério Teófilo Otoni, mantém há um ano, seu canal específico para ensino da bíblia no Youtube, o EBP em Foco. A média de acessos para cada programa é de mais de 11 mil visualizações. O ministério tem uma rede de congregações de 130 unidades onde a bíblia é ensinada nos cultos de estudos bíblicos dominicais. Recebem e distribuem 800 revistas impressas além dos incontáveis downloads à versão digital da Revista de Estudo Bíblico da Casa Publicadora das Assembleia de Deus – CPAD.

O pastor Elias Barbosa, bacharel em Teologia e pós graduado em filosofia, é o idealizador, apresentador e netweaver desse canal. Já que estamos falando da rede mundial de computadores, vamos utilizar aqui a definição deste termo. Trata-se de alguém que deu um passo além na utilização da internet. Um netweaver não só recebe, lê e assiste mensagens de texto, áudio e vídeo, mas, é um agente que envia conteúdo para a rede mundial. Neste caso, estamos falando de uploads, quando você “sobe”, conteúdo para internet. Ele é um “tecelão” que fortalece e cria redes através de conexão de pessoas em torno de um assunto de interesse comum. Nesta entrevista, o pastor Elias relata como tem sido a experiência deste primeiro ano do canal.

1 – QUAL O OBJETIVO DO CANAL?

PASTOR ELIAS – Nascemos com o projeto de capacitar os professores, com as pré aulas das lições da revista CPAD. Nos surpreendeu que há acessos de todos os lugares do Brasil e de comunidades brasileiras no Japão, França, nos EUA que estudam a EBP que também acessam nosso canal. A revista é distribuída nacionalmente e também é utilizada por comunidades brasileiras no exterior.

2 – COMO SURGIU A IDEIA DE FAZER ESSA AULA PREPARATÓRIA DAS LIÇÕES PARA OS PROFESSORES DA ESCOLA BÍBLICA?

PASTOR ELIAS – Essa escola era presencial, os professores vinham até a igreja para estudar as lições. A medida que o semestre decorria, acontecia de alguns professores faltarem aos estudos preparatórios, por vários motivos. Começaram então a sugerir que estas aulas preparatórias das lições para escola bíblica fossem filmadas. Assim nasceu este projeto com gravações semanais. Esperávamos inicialmente 30 visualizações, que é o número de professores na igreja sede.

3 – QUAL A SUA AVALIAÇÃO DA REPERCUSSÃO E ACEITAÇÃO DO CANAL?

PASTOR ELIAS – Eu vejo um cenário muito além do que esperávamos. O crescimento da escola foi rápido. Se observar, há canais com programas com formato de duração de 15 minutos e que possuem somente 3, 4 mil acessos. O nosso formato de cerca de 1:30h de aula é grande e tem esta média de 11 visualizações por programa. Isso nos mostra que os professores estão buscando se qualificar melhor para atuarem na escola bíblica dominical que vem crescendo dia após dia. Há pouco tempo, nós da Assembleia de Deus, éramos conhecidos como berço de pentecostes, hoje, isso mudou. Estamos crescendo no conhecimento da palavra.

4 – QUAL DICA OU ORIENTAÇÃO VOCÊ PODE DAR AOS PROFESSORES DE ESCOLA BÍBLICA?

PASTOR ELIAS – Além do jejum e oração, devemos buscar meios e interação com os próprios alunos. Temos até um vídeo com o título “ Por que a minha sala não cresce? ” Primeiro, aconselho ao professor que não seja metódico. Tenha uma sala bonita, arejada, coloque um adesivo com o nome da turma, faça uma dinâmica com o violão. Inove. Inove todos os dias. Com esse lema, começamos aqui na igreja sede do ministério, na sala de jovens com apenas três frequentadores, ao final de um ciclo da revista, a frequência era de 37 alunos. Fazíamos amigo livro, o amigo relógio, quem chegasse atrasado teria que levar o relógio para casa e chamar outra pessoa na semana seguinte as 8h. Ou se atrasasse deveria “pagar prenda”, trazendo chocolate. São estratégias que podemos criar que podem dar uma dinâmica no grupo. São pequenas coisas que são reconhecidas pelos alunos. O professor deve entender que ele deverá despertar no seu aluno a aprender e entender que a bíblia é algo novo todos os dias. Quem traz uma novidade de vida, além dos Espírito Santo, somos nós!

5 – É PECADO NÃO ESTUDAR A BÍBLIA?

PASTOR ELIAS – As pessoas hoje em dia não querem conhecer a Deus. Muitos preferem comer o que já está pronto. A geração atual é uma geração “nissin miojo”, querem tudo pronto em três minutos. E é nisso que temos verdadeiros equívocos, aberrações contra o evangelho. As pessoas não querem estudar a bíblia elas preferem crer unicamente no que está sendo falado no púlpito. O que resulta na Teologia da Prosperidade, a barganha para com o Senhor. Isso não está de acordos às escrituras sagradas. Para que eu possa crer na palavra, é preciso estuda-la. No culto você adora, na escola bíblica você estuda a palavra. A igreja carece de escola dominical!

6 – QUAIS AS PERSPECTIVAS FUTURAS PARA O CANAL?

PASTOR ELIAS – Meu sonho é que tenhamos vários professores, não somente eu, mas, que vários venham participar das gravações e conduzam estas pré aulas. Agradeço ao nosso pastor presidente do campo Assembleia de Deus Teófilo Otoni, Valdivino Eugênio, pela compreensão da nossa proposta. O auxílio do Sidney Júnior, que deu total apoio, um dos primeiros a me aparar tecnicamente. Aos meus colaboradores Jônatas Amorim e Eli dos Anjos que sempre estão comigo nas gravações e edições e a todo os amigos que participam como convidados. Às vezes gravamos tarde da noite e depois ainda há o trabalho de edição e de upload no canal. Isso demonstra o amor à palavra e ao Reino de Deus.

por: Oade Andrade
Jornalista da Revista Aliança
Autor