Seja bem vindo à nosso site

Bem-aventurados os puros de coração

Bem-aventurados os puros de coração

“Bem-aventurados os puros de coração, porque eles verão a Deus;” (Mateus 5:8)

Dentre as muitas bem-aventuranças mencionadas pelo Senhor Jesus no sermão do monte, ele nos fala da bem-aventurança ou da felicidade daqueles que purificam o seu coração, eles serão agraciados com a oportunidade exclusiva de ver a Deus.

Os que acumulam capital se tornam ricos, os que são simpáticos conquistam amigos, os que são românticos derretem os corações das mulheres. Mas só os que purificam o seu coração poderão contemplar aquele que os criou.

Por que só os que purificam o seu coração poderão contemplar a Deus e desfrutar de comunhão com ele?  Porque o próprio Deus é puro e a sua essência é santa, por isso Ele não pode conviver com a impureza. Sabendo disto, todo aquele que realmente deseja ver a face de Deus, purifica a sua vida, imitando aquele a quem ele deseja contemplar: “…Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos. E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro.” (I João 3:2-3)

Mas de que forma nós podemos purificar os nossos corações e assim sermos achados dignos de contemplar a Deus? Para aquele que deseja se tornar puro, o primeiro passo é se aproximar da palavra de Deus: Com que purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a tua palavra.” (Salmos 119:9).  

Aquele que faz do seu coração um esconderijo para o tesouro que é a Palavra de Deus, está no caminho certo para purificar a sua vida de todo pecado, de tudo aquilo que não agrada ao Senhor:“Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti.” (Salmos 119:11).

E uma vez que somos praticantes da palavra de Deus, somos pessoas que andamos na luz, e quando andamos na luz, o sangue que Cristo derramou na cruz nos faz totalmente puros: “Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado.” (I João 1:7). Por isto a palavra diz que o Senhor Jesus veio para nos revelar o Deus invisível: “Deus nunca foi visto por alguém. O Filho unigênito, que está no seio do Pai, esse o revelou.” (João 1:18).

É natural que surja em nossa mente o seguinte questionamento: Por que Deus se mantem invisível? Por que ele não permite que todos o vejam? Assim ninguém duvidaria da sua existência. Mas o fato é que Deus deseja que somente o conheçam, aqueles em quem ele encontra fé para entender e crer que tudo que é visível foi criado por um Deus invisível, mas tremendamente real e poderoso: “Pela fé entendemos que os mundos pela palavra de Deus foram criados; de maneira que aquilo que se vê não foi feito do que é aparente.”(Hebreus 11:3). Sem possuir esta fé é completamente impossível agradá-lo: “Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.” (Hebreus 11:6).

Purificando o meu coração, afim de que um dia eu possa contemplar plenamente, aquele em quem eu creio, mesmo sem poder vê-lo.

Sidone Gouveia

Autor